sábado, 30 de janeiro de 2010

Marido de aluguel: juizforanos investem no ramo de consertos domésticos

O disjuntor desarmou? A tomada não funciona? A pia está entupida ou vazando? O chuveiro não esquenta? Seu fogão está ruim? Calma. Já existem profissionais especializados para resolver qualquer problema doméstico, ou em loja e escritório, sem que seja preciso esperar a boa vontade do marido, filho, namorado ou amigo. A modernidade também atingiu aos homens, que nem sempre tem habilidades para pequenos reparos dentro de casa ou simplesmente não têm tempo para dedicarem-se a este serviço doméstico.


A SOS Consertos e Serviços S.A. atua neste ramo realizando desde simples reparos como a troca de uma lâmpada a grandes serviços e projetos. O diferencial é a atuação nas diversas áreas: elétrica, hidráulica, construção civil, pintura ou marcenaria. O técnico em eletrotécnica Ricardo Barros conta que morava em Santa Catarina quando a indústria onde trabalhava passou por dificuldades financeiras e demitiu funcionários. Por isso, ele resolveu voltar para Juiz de Fora, onde morava antes. Chegando aqui, Ricardo passou a realizar pequenos consertos para parentes e amigos e percebendo a carência nesta área, decidiu investir neste ramo.

_ Primeiro adotei o nome “Marido de Aluguel”, porém notei um preconceito muito grande, coisa que não há em outros estados. Daí, mudei o nome para “Anjo da Guarda”, mas agora uso o “SOS Consertos”. Fiz até um blog no blogspot para divulgar mais meus serviços. _ revela.

Há dois anos no ramo, Ricardo investiu em cursos de Eficiência Energética; Utilização, Ordenação, Limpeza, Saúde e Autodisciplina; além de primeiros socorros e de ser normatizado pelo Ministério do Trabalho em Segurança em Instalações Elétricas.

_ Os serviços elétricos e de reparos sou eu mesmo quem faz, mas pinturas e marcenaria são outros profissionais com quem eu trabalho em conjunto, sempre com qualidade. _ conta.

Neste mesmo segmento, Marcelo Barbosa Serqueira investiu na firma “Seomarido.com”. Em seu cartão de visitas a frase “Marido pra quê?” aparece em destaque, seguida do texto: “resolvo 'quase todos' seus problemas domésticos”. Seguindo a mesma linha, Marcelo trabalha com pequenos reparos e instalações em redes elétricas, hidráulicas, pinturas e muito mais. Seu slogan é “alugue um marido e saia da rotina”.

_ Uma vez uma senhora me ligou perguntando se eu apagava fogo. Disse a ela para ligar para o Corpo de Bombeiro. Ela então me disse que era outro fogo. Então, eu respondi que não. _ conta rindo.

Casado com uma jornalista, e pai de dois filhos, Marcelo afirma que costuma cobrar por hora trabalhada.

_ Gosto de fazer bem feito. Uma vez fiz um serviço grande para uma senhora e ela me pagou tudo com ferramentas novas. Eu também sei ver o lado do cliente. Dá para negociar. O importante é não perder o cliente. A propaganda boca a boca é a mais importante para mim. _ argumenta.

Os dois profissionais não cobram para fazer orçamento, mas garantem que não saem da visita sem um acordo com o proprietário. Até mesmo uma lavagem de piso com máquina pressurizada estão entre os serviços prestados. Não é necessário comprar, só é preciso alugar.

3 comentários:

Katia Dias disse...

Oi Cláudia, boa tarde! Que interessante essa alternativa para quem precisa de pequenos reparos em casa. E, afinal, estamos sempre em busca desses profissionais, mas sem saber onde encontrá-los. Você faria a gentileza de publicar o contato de algum deles? Acho que seria de grande valia para muita gente, em especial aqueles que acompanham seu blog... Fica com Deus! Grande abraço!

Cláudia Figueiredo disse...

Oi Kátia,
tenho o telefone do Marcelo "Marido de Aluguel" - 8873-8386.
Beijos

Gilda Maria disse...

Oi, Cláudia, encontrei seu blog e estou te seguindo, achei interessante saber notícias da cidade vizinha.Meu blog ;http://conhecendopequeri.blogspot.com.Se puder, faça uma visita. Abraços.